Bruna Martins

Bruna Martins está lançando o quarto CD pela Graça Music, que recebeu o título de Ele está vivo. Neste projeto, a cantora apresenta 12 músicas no estilo pop/congregacional, com mensagens evangelísticas que retratam os temas: amor de Deus, perdão, cura, transformação e salvação. A produção musical ficou por conta do Pr. Lucas, em parceria com Josué Godói. O pastor também assina algumas faixas do disco, incluindo a escolhida para dar nome ao álbum.

Algumas composições são fruto de parceria do produtor com o Missionário R. R. Soares. Já as demais ficaram por conta de Filipe Bitencourt, Renato César, Junior Maciel, Josias Teixeira, Josué Godói e Geferson Cleiton. A companheira de gravadora, Bruna Olly, também presenteou a xará com uma canção: Tua flecha, escrita com Anderson Freire.

A seleção do repertório foi a fase da produção que exigiu mais cautela. “Quando começamos a ouvir e a escrever as canções, procuramos a linguagem da Igreja. Pensamos nas pessoas cantando e se identificando com as mensagens”, explica o produtor musical. Pr. Lucas vai além e revela que o público encontrará uma “nova” Bruna: “Neste projeto, ela apresenta uma voz mais trabalhada, ‘duetando’ com ela mesma em algumas canções. É um canto mais pop, com simplicidade e brilho”.

A modernidade também poderá ser vista na escolha dos arranjos e dos elementos musicais. Para seguir a linha do pop, que dita o ritmo do projeto, foram priorizadas as guitarras, o baixo e a bateria. A instrumentação também contou com pad, loop e cordas.

Para Bruna, o novo disco é a realização de um sonho. “Estou vivendo um momento pleno. sou grata a Deus por perceber que Ele cuidou de todos os detalhes. Creio que esse trabalho abençoará muitas vidas”, disse a cantora.

HISTÓRIA

Bruna Martins de Oliveira nasceu em São Paulo, capital. Criada em um lar evangélico, sempre gostou de estar nos cultos, principalmente por causa do louvor.

Em casa, era a tia que a incentivava a cantar. Assim, a pequena Bruna foi aperfeiçoando o dom que o Senhor havia lhe dado, sendo, inclusive, chamada a integrar o ministério de louvor de sua igreja.

Na adolescência, Bruna recebeu um convite para visitar a Igreja da Graça de seu bairro e, de lá, nunca mais saiu. Começou, então, a freqüentar o grupo jovem da igreja e foi ‘descoberta’ musicalmente por um obreiro, que a ouviu cantar em um dos cultos. Impressionado com a voz de Bruna, o rapaz contou à liderança da juventude sobre o ‘achado’ e ela passou a fazer parte do ministério de louvor local.

Sabendo de seu talento, outros pastores começaram a convidá-la para cantar em suas igrejas, até mesmo na sede da Igreja da Graça de São Paulo. Em um desses eventos, o pastor Jayme de Amorim a ouviu ministrar e a convidou a integrar o ministério de louvor da sede, em 2003.

Bruna começou a se envolver ainda mais na obra do Senhor, passando a abrir alguns cultos durante a semana. Também foi convidada a apresentar um programa no canal IIGD e, em 2008, foi consagrada ao ministério pastoral, como pastora auxiliar, conciliando seu chamado e sua paixão pelo louvor.

Certa vez, ao cantar durante o Show da Fé, programa apresentado por R.R. Soares, na Band, seu talento chamou a atenção do Missionário, que passou a levar a cantora em algumas campanhas evangelísticas. Em 2011, Bruna passou a integrar, oficialmente, o cast da Graça Music e lançou seu primeiro CD, Minhas canções na voz de Bruna Martins, cujas letras são todas de autoria do Missionário R.R. Soares. O álbum segue a linha pop/adoração e conta com 12 faixas, com produção do ‘mestre’ Michael Sullivan, conhecido por trabalhar com grandes nomes da MPB. Destaque para “Portais da glória”, “Deus do impossível” e “Palavra viva”.

Em 2014, a cantora lançou o álbum “O novo de Deus”, com 11 músicas de autoria do Missionário R. R. Soares, no estilo blues. A produção também ficou por conta de Michael Sullivan, com fotos de Décio Figueiredo e projeto gráfico de Lincoln Baena. No repertório, mensagens de fé, salvação, cura e libertação. Bruna mostra versatilidade vocal em todas as faixas, o que tornou difícil a tarefa de selecionar uma música de trabalho. A primeira a ser executada nas rádios foi “Eu digo ‘sim’”, mas vale destacar também “Ele te amou”, “Abrigo” e “Eu ouvi falar”.

Após o sucesso do CD, que ultrapassou a marca de 40 mil cópias vendidas e rendeu Disco de Ouro a Bruna Martins, a cantora lançou, em 2016, Força e poder, disco que reúne 14 canções nos estilos pop/adoração, louvor congregacional e blues, todas com mensagens de edificação e poder. As composições são assinadas pelo Missionário R. R. Soares e por Michael Sullivan, que também é o responsável pela produção musical, além de outros autores. “Duas faixas foram gravadas no estilo blues, para não nos esquecermos do outro trabalho [risos]. Creio que mais vidas serão salvas, libertas e curadas por meio desses louvores. Os três dias de gravação foram muito especiais, e o estúdio transformou-se em uma igreja. Sentimos a presença de Deus muito forte em todas as músicas. Esse CD está lindo e levará para a sua casa a paz, o amor, a alegria, a unção, a força e o poder de Deus”, disse Bruna. O maestro Michael Sullivan também falou sobre essa produção: “A Bruna Martins é uma das grandes vozes que já produzi. O CD está lindo e foi um prazer trabalhar nesse projeto”, destacou. Dentre as lindas canções que integram o repertório, o difícil foi escolher as músicas de trabalho. Os destaques ficam para a faixa-título, Força e poder, que será trabalhada nas rádios, e Jesus é o Nome, uma declaração do total poder que há no Nome que está acima de todos os outros: Jesus.

 

Outras informações:

Contato com o artista: (11) 9 8233-4825 / prabrunamartins@hotmail.com

Discografia: